Práticas Laboratorias em Biologia Vegetal

Início » CAPÍTULO 10 – COLHEITA E PÓS-COLHEITA DE FRUTOS E HORTALIÇAS

CAPÍTULO 10 – COLHEITA E PÓS-COLHEITA DE FRUTOS E HORTALIÇAS

Aumentar a produção de frutas e hortaliças é uma solução primária para atender a futura demanda global de alimentos, seja aumentando a área plantada ou o rendimento das culturas. Viabilizar a chegada do alimento produzido até a população, por meio de da redução de perdas e desperdícios com a adoção de soluções eficientes ao longo da cadeia produtiva, configura uma das formas de garantir segurança alimentar e nutricional a todo o mundo. Estima que no Brasil, da colheita até a chegada do produto na mesa do consumidor, ocorrem perdas, qualitativas e quantitativas, de até 40% das frutas e hortaliças produzidas. Esses produtos, por serem materiais vivos, apresentam atividade metabólica mesmo após colhidos. As técnicas de conservação pós-colheita, que compreendem as operações que são realizadas após os produtos serem destacados da planta até serem consumidos, visam basicamente reduzir ou minimizar a atividade metabólica, principalmente a respiração, a biossíntese de etileno e a transpiração, a fim de aumentar a vida útil pós-colheita. Neste capítulo serão revisados os processos metabólicos envolvidos na colheita e na pós-colheita de frutos e hortaliças. Será possível perceber como o ponto de colheita de frutos influenciam na qualidade e no rendimento na indústria de processamento, bem como critérios utilizados para a sua determinação.

MARIA NEUDES SOUSA DE OLIVEIRA mneudes@yahoo.com.br
ELAINE CRISTINA CABRINI eccabrini@gmail.com
MÁRIO KIICHIRO TANAKA ceres_mt@yahoo.com.br

AULA 47 – DETERMINAÇÃO DO TEOR DE SÓLIDOS SOLÚVEIS EM PRODUTOS VEGETAIS

AULA 48 – PÓS-COLHEITA DE FRUTOS CLIMATÉRICOS E NÃO CLIMATÉRICOS

Aula 49 – EFEITO DA ATMOSFERA MODIFICADA E DO PROCESSAMENTO MÍNIMO NA CONSERVAÇÃO DE FRUTOS E HORTALIÇAS

%d blogueiros gostam disto: