Práticas Laboratorias em Biologia Vegetal

Início » AULA 30 – ANÁLISE CROMATOGRÁFICA DE ÁCIDOS GRAXOS DE SEMENTES

AULA 30 – ANÁLISE CROMATOGRÁFICA DE ÁCIDOS GRAXOS DE SEMENTES

Introdução

Lipídios vegetais são compostos hidrofóbicos, que ocorrem principalmente sob a forma de triglicerídeos, onde moléculas de ácidos graxos são reunidas por ligações do tipo ésteres aos grupos hidroxilas do glicerol. Quimicamente, os ácidos graxos são ácidos carboxílicos de cadeia aberta, geralmente com um número par de átomos de carbono (4 a 24), onde os mais comuns possuem 16 ou 18 átomos. Basicamente, estes ácidos diferem entre si pelo comprimento da cadeia e pelo número e posição das duplas ligações. A composição de ácidos graxos varia entre as espécies e suas propriedades dependem fortemente dessa composição, fazendo com que os óleos vegetais possuam alto valor nutricional, industrial e farmacêutico. Através de análises de cromatografia gasosa, precedida de hidrólise dos triglicerídeos e transesterificação dos ácidos graxos, é possível analisar a composição dos ácidos graxos de óleos vegetais. Dessa forma, o objetivo desta prática é demonstrar o procedimento de análise do perfil de ácidos graxos de óleos vegetais através da hidrólise, transesterificação e cromatografia gasosa.


 Objetivo específico desta prática

Analisar a composição de ácidos graxos de óleos de sementes através de cromatografia gasosa.


Procedimentos

Primeiramente deve-se pesar 25 mg do óleo extraído na Aula Prática 29 ou outro óleo vegetal (óleo de soja para frituras, por exemplo) em um tubo de ensaio rosqueado (Figura 1A) e adicionar cerca de 1,5 mL de solução metanólica de KOH ou NaOH (0,5 M). Feche bem o tubo de ensaio e agite em vortex por 30 segundos (Figura 1B).

fig_1

Figura 1. Medição do peso do óleo (A) e agitação em vortex da mistura (B)


Em seguida, leve os tubos rosqueados ao banho-maria a 100°C por 10 minutos (Figura 2A), resfriando-os após o tempo em gelo por 5 minutos (Figura 2B). Acrescente, então, 2,5 mL de solução metanólica de BF3 (14%), feche bem o tubo de deixe 30 minutos em banho-maria a 100°C.

fig_2

Figura 2. Mistura em banho-maria (A) e seu posterior resfriamento em gelo (B)


Transfira a mistura para um tubo de centrífuga e acrescente 1,5 mL de solução aquosa de NaCl (1%), 3 mL de n-heptano e 0,5 g de sulfato de sódio anidro (Figura 3A). Centrifugue o material a 3.000 rpm (ou 780 g) por 5 minutos. Cuidadosamente, retire a fase sobrenadante (fase orgânica) do material centrifugado, e transfira para frasco âmbar ou vial de injeção de cromatografia gasosa (Figura 3B). Armazene em congelador até a análise.

fig_3

Figura 3. Adição de sulfato de sódio anidro (A) e transferência da fase sobrenadante (orgânica) do material centrifugado para vial de injeção (B)


A análise do material obtido no passo anterior será realizada por cromatografia gasosa (Figura 4) com as seguintes condições cromatográficas: utilizar coluna capilar de sílica apolar (ex.: DB-Wax, DB-23, DB-5, etc). Programar o método para temperatura inicial da coluna de 150°C; taxa de aquecimento 4°C/minuto até 280°C; manter a 280°C por 15 minutos. Temperaturas do detector e injetor de 250°C e 290°C, respectivamente. Utilizar hélio como gás de arraste com fluxo de 1 mL/minuto e razão split de 1:39.

aa

Figura 4. Cromatógrafo gasoso com detector de ionização em chama (FID) utilizado nas análises dos ésteres metílicos de ácidos graxos


Resultados esperados

Nesta prática aprendemos a utilizar a técnica de cromatografia gasosa para o reconhecimento da composição de ácidos graxos em óleos fixos vegetais. Desta forma, foi possível identificar os ésteres metílicos dos ácidos graxos por comparação com os tempos de retenção de padrão autêntico desses FAME mix e quantificá-los pelo método de normalização da área do pico, obtendo os dados em percentual (%).

fig_4

Figura 5. Perfil de ácidos graxos do óleo de sementes de Christiana africana DC. (Malvaceae). Coluna capilar de sílica fundida DB-5

 


Avançar para a próxima aula prática                                      Retornar a prática anterior                                      Retornar ao início do capítulo
%d blogueiros gostam disto: