Práticas Laboratorias em Biologia Vegetal

Início » CAPÍTULO 3- FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO MITOCONDRIAL

CAPÍTULO 3- FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO MITOCONDRIAL

É consenso entre os fisiologistas que a Fotossíntese, juntamente com a Respiração Mitocondrial de Plantas e as Relações Hídricas são conteúdos que não podem faltar na formação de um estudioso em fisiologia vegetal. É através da fotossíntese que as plantas produzem seu próprio alimento, utilizando para tanto moléculas inorgânicas como o gás carbônico (CO2) e a água (H2O), se utilizando para este processo dos nutrientes minerais como intercessores do metabolismo. Sem o complexo mecanismo da fotossíntese não se esperaria vida na Terra, pois os vegetais são a base das pirâmides alimentares de todas as cadeias tróficas. Por outro lado, é através da respiração mitocondrial que as reservas são metabolizadas, gerando energia para as funções vitais. Sem a respiração mitocondrial, todos os organismos deveriam produzir energia através da fermentação, um processo anaeróbico muito menos eficiente do que a respiração aeróbica que se processa no interior das mitocôndrias. Cumpre ressaltar que para os eucariotos e para os vegetais é através da respiração aeróbica mitocondrial que toda a energia e ATP são obtidos.

Neste capítulo, procuraremos apresentar diversas práticas rotineiras do dia-a-dia dos laboratórios didáticos de fisiologia vegetal. As aulas englobam desde os princípios da Lei de Lambert-Beer até sofisticadas práticas de interação entre moléculas orgânicas no bloqueio da fotossíntese, princípio básico da atuação dos herbicidas. Como esse assunto é bastante completo, procurou-se ao final desse capítulo, desenvolver uma ferramenta lúdica, através da técnica de “jogo de dominó” para estimular os alunos na compreensão destes dois grandes temas da fisiologia vegetal.

Flávio Lozano Isla flavjack@gmail.com
Natália Maria Corte Real de Castro nataliacreal@gmail.com
Orlando de Oliveira dos Santos orlandoelea@gmail.com
Marcelo Francisco Pompelli marcelo.pompelli@ufpe.br

AULA 12 – ESPECTROSCOPIA DE LUZ VISÍVEL E DETERMINAÇÃO DO COEFICIENTE DE EXTINÇÃO MOLAR

AULA 13 – ESPECTRO DE AÇÃO DOS PIGMENTOS CLOROPLASTÍDICOS

AULA 14 – TEOR DE CLOROFILA E CAROTENÓIDES EM FOLHAS

AULA 15 – PARTIÇÃO DE PIGMENTOS FOTOSSINTÉTICOS

AULA 16 – FATORES QUE AFETAM A FOTOSSÍNTESE EM Elodea canadensis

AULA 17 – VISUALIZAÇÃO DE AMIDO EM FOLHAS

AULA 18 – CADEIA TRANSPORTADORA DE ELÉTRONS E ATUAÇÃO DOS HERBICIDAS

AULA 19 – DEMONSTRAÇÃO DA ATIVIDADE RESPIRATÓRIA E VITALIDADE DE SEMENTES

AULA 20 – ATIVIDADE DE CATALASE EM TUBÉRCULOS DE BATATA

AULA 21 –  EFEITO DA TEMPERATURA SOBRE A PERMEABILIDADE DAS MEMBRANAS CELULARES

AULA 22 – CONSTRUINDO UM JOGO DE DOMINÓ 

%d blogueiros gostam disto: